APROXIMADAMENTE 60 MIL MAÇOS DE CIGARROS FORAM APREENDIDOS EM ROLÂNDIA

APROXIMADAMENTE 60 MIL MAÇOS DE CIGARROS FORAM APREENDIDOS EM ROLÂNDIA

A apreensão aconteceu nesta quarta-feira (27/02) após uma persseguição policial que terminou em Cambé. Os policiais perceberam uma camionete de cor branca parada próximo à um posto de combustível na Av Presidente Vargas e o condutor da mesma em atitude suspeita, foi quando resolveram fazer a abordagem e o motorista  saíu repentinamente com o veículo em direção à Cambé.

Teve início uma perseguição e próximo à cidade de Cambé, uma outra camionete de cor preta atravessou à frente da viatura policial, tentando atrapalhar o trabalho da polícia, mesmo assim o outro veículo foi interceptado pelos policiais mas o motorista saiu correndo em meio à uma mata e não foi localizado.

O veículo foi trazido para a Delegacia de Rolândia e constatou-se que havia uma grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai, cerca de mais de 10 mil maços de cigarros.

A camionete e os cigarros foram encaminhados para à Polícia Federal em Londrina e a Polícia de Rolândia deu início às investigações para chegar até os contrabandistas.

 

OUTRA GRANDE APREENSÃO DE CIGARROS FOI REALIZADA TAMBÉM NA NOITE DA QUARTA-FEIRA

Desta vez cerca de 50 mil maços de cigarros contrabandeados foram apreendidos,a ocorrência foi na noite desta quarta-feira (27), no Centro de Rolândia . O material estava em três carros que foram abordados pela Polícia Militar.

 

Equipes da Radiopatrulha, Rotam e Serviço Reservado foram até a Avenida Presidente Getúlio Vargas após receberem a denúncia que dois carros suspeitos vinham do Paraguai.

Em um Renault Logan, conduzido por um homem identificado por Eduardo, foram encontradas 24 caixas de cigarro. Já no Palio em que estava Eliseu, foram apreendidas outras cinco embalagens.

Durante a abordagem, uma nova denúncia chegou dando conta que um terceiro carro, também carregado com cigarros, estava na Rua Jurema, o que se confirmou. No endereço, um homem chamado Alan foi detido.

Os três acusados foram encaminhados para a Receita Federal de Londrina, juntamente com as mercadorias.