HOMEM QUE MATOU 4 PESSOAS EM LONDRINA PRESTA DEPOIMENTO A POLÍCIA

HOMEM QUE MATOU 4 PESSOAS EM LONDRINA PRESTA DEPOIMENTO A POLÍCIA
O autor da chacina que terminou com a morte de quatro pessoas no último sábado (3), o maquiador DiegoRamos Quirino, 30 anos,prestou o primeiro depoimento na tarde desta terça-feira (6) na Penitenciaria Estadual de Londrina (PEL II), onde permanece detido em uma cela isolada. 
Ele foi ouvido pelo delegado William Soares durante uma hora e meia e voltou a falar sobre teorias do fim dos tempos e usou a expressão a "verdade que liberta". "O depoimento foi importante para traçar um perfil preciso com informações sobre o consumo de drogas e a busca dele por temas relacionados ao fim dos tempos, o que pode auxiliar na perícia médica", disse o delegado. 


Soares ainda contou que a mulher de Quirino, Patrícia Amorim Dias, relatou durante novo depoimento que o maquiador foi repreendido antes dos crimes. Ela e a mãe do assassino disseram que o comportamento agressivo não era "coisa de Deus". "Este foi o estopim para a tragédia", acrescentou o delegado. 

A médica que atendeu e liberou o maquiador no sábado à tarde, no Pronto Atendimento 24 horas de Cambé, também foi ouvida pelo delegado William Soares no final da manhã desta terça-feira. 

Segundo informações da rádio CBN Londrina, a médica relatou que durante o atendimento o paciente não estava alterado e não apresentava sinais de agressividade. O delegado descartou a suspeita de negligência médica, que poderia ser investigada, já que Quirino teve surto na noite de sábado antes de matar as quatro vítimas, entre elas a própria mãe. 

Ainda de acordo com a médica, as pessoas que acompanharam Quirino no posto de saúde não informaram que ele sofreu um surto no mesmo dia e já teria ameaçado amigos antes do atendimento.
(Com informações da rádio CBN Londrina)

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!