ECLIPSE TOTAL LUNAR ACONTECE NA MADRUGADA DE SEGUNDA PARA DOMINGO

ECLIPSE TOTAL LUNAR ACONTECE NA MADRUGADA DE SEGUNDA PARA DOMINGO

Boa parte do planeta poderá ver na madrugada da próxima segunda (21/1) um eclipse lunar completo, com direito a “superlua”.

O fenômeno estará visível em todo o país, se o céu não estiver nublado, e durará 62 minutos em sua fase total. Mas, para apreciá-lo, será preciso fazer corujão.

Pelo horário de Brasília, a Lua começará a entrar na sombra da Terra à 1h33, mas ficará encoberta totalmente só a partir das 2h41, permanecendo assim até 3h43, quando começa a sair da sombra. Às 4h51 a Lua já estará totalmente iluminada pelo Sol novamente.

 
Os eclipses lunares ocorrem quando a Lua penetra no cone de sombra da Terra, o que só pode acontecer na fase de Lua cheia, como explica Paulo Sergio Bretones, doutor em educação em astronomia e professor da Universidade Federal de São Carlos.
 
O eclipse desta vez ocorrerá com uma “superlua”, nome que se tornou popular para explicar as situações em que o satélite está no seu ponto mais perto da Terra.
 
O fenômeno com essas duas características, totalmente visível no país e com superlua, só voltará a ocorrer em 2022. Neste ano, teremos cinco eclipses: três do Sol e dois da Lua. Somente este de segunda será totalmente visível no Brasil.