ECLIPSE TOTAL LUNAR ACONTECE NA MADRUGADA DE SEGUNDA PARA DOMINGO

Boa parte do planeta poderá ver na madrugada da próxima segunda (21/1) um eclipse lunar completo, com direito a “superlua”.

O fenômeno estará visível em todo o país, se o céu não estiver nublado, e durará 62 minutos em sua fase total. Mas, para apreciá-lo, será preciso fazer corujão.

Pelo horário de Brasília, a Lua começará a entrar na sombra da Terra à 1h33, mas ficará encoberta totalmente só a partir das 2h41, permanecendo assim até 3h43, quando começa a sair da sombra. Às 4h51 a Lua já estará totalmente iluminada pelo Sol novamente.

 
Os eclipses lunares ocorrem quando a Lua penetra no cone de sombra da Terra, o que só pode acontecer na fase de Lua cheia, como explica Paulo Sergio Bretones, doutor em educação em astronomia e professor da Universidade Federal de São Carlos.
 
O eclipse desta vez ocorrerá com uma “superlua”, nome que se tornou popular para explicar as situações em que o satélite está no seu ponto mais perto da Terra.
 
O fenômeno com essas duas características, totalmente visível no país e com superlua, só voltará a ocorrer em 2022. Neste ano, teremos cinco eclipses: três do Sol e dois da Lua. Somente este de segunda será totalmente visível no Brasil.

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!