CONTINUA O MISTÉRIO NO DESAPARECIMENTO DE MENINO EM CURITIBA

 
Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram no domingo (1) um boné que pode ser do menino João Rafael Santos Kovalski, desaparecido desde o último dia 24 de agosto, na cidade de Adrianópolis, região metropolitana de Curitiba. O boné estava no fundo do Rio Ribeira e foi removido junto com entulho. 

Uma das possibilidades do paradeiro do garoto é que ele tenha caído no rio, que passa próximo ao terreno onde mora a família. 

Segundo a delegada do Sicride (Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas), Araci Costa Vargas, há fortes indícios que o boné seja do garoto. "O boné estava no meio de um material que é levado pela correnteza. O rio é bem caudaloso, cerca de 60 metros de largura, e desde os primeiros dias os Bombeiros têm dificuldade", diz. 

Os Bombeiros encontraram o boné em uma região do rio que fica há cerca de 300 metros da casa onde mora a família de João Rafael. Foram usadas máquinas escavadeiras para remover o material do fundo do rio. 

Mesmo com a novidade, a delegada ainda trabalha com a possibilidade de sequestro. "Não descartamos isso. Não podemos trabalhar só com as buscas no rio e sim com outras possibilidades também", explica. 

Quem tiver informações sobre o paradeiro de João Rafael pode entrar em contato com o Sicride pelo telefone (41) 3224-6822. 

Divulgação

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!